​niLL

"Marmita de Marmanjo"

[Refrão]
Foram várias caixas de pampers
Mucilons, papinhas e leite ninho
Nois trabalhamos tanto
Cuidamos com carinho
Se esforçamos tanto pra depois de um tempinho
Ela só tem 15 anos
Nosso bebê agora é a janta dos marmanjo

[Verso 1: Julian Sem Modos]

Se cria a menina não é pra você, é pro mundo
Na real cê alimenta ela pra uma pá de vagabundo adentrar
Logo mais se fazer, se lambuzar
Cê ainda tem as fotos do seu bebê?
Então guarde-as
Pois sinto muito em lhe informar
Como eu sinto
Mas ela não chupa mais chupeta
Agora adora chupar um....
Gatinha ainda engatinha de quatro e lingerie
Só não mais se lembra dos ursinhos carinhosos
Nem muito menos da Nose Marie
Abre mais uma Stella
Acende mais um cigarro
Há tempos esqueceu as bonecas
Agora só pensa em descabelar meu palhaço
Ai caralho que presepada
Mas ela tá que tá que tá, tá tarada
Você tem que ver ela na balada
Nem parece a mesma de casa
Bêbada inventou de fumar um beck
Acabou dentro do toilette
Fazendo um boquete pra toda rapazeada
Que porra é essa?

[Refrão]
Foram várias caixas de pampers
Mucilons, papinhas e leite ninho
Nois trabalhamos tanto
Cuidamos com carinho
Se esforçamos tanto pra depois de um tempinho
Ela só tem 15 anos
Nosso bebê agora é a janta dos marmanjo

[Verso 2: niLL]
E eu te esperei 9 meses
Comprei leite, roupinha, tênis
É lamentável baby
Esqueceu da barbie só brinca com o pênis
A situação era critica
Depois que apostei a bíblia pra tirar a zika
Deus me deu um castigo me dando uma filha
Aí tu cria, ela cresce linda
Mamão papaia, chocolate quente pras manhãs frias
Creminho de côco, sabonete Dove pra uma pele mais macia
Tudo isso de presente pra rapa da vila
Só de lembrar escorrem lágrimas
Você portando calcinha atolada
Chega rebolando até o chão não dá nada
Ah danada, corre e bate com o bumbum na água
Nessas horas nem se lembra da mãe e do pai em casa
Mais tarde
Passou dos 15 anos entra pro abate
E o vento que bate no seu machucado de hoje a tarde
Que por ventura do destino ainda estava cheirando mertiolate
Por falta de atenção ou por falta de conversa
Sua mãe te deu leite na teta
Agora você vem e me da uma dessa
Já no jogo do abre e fecha
Sua família toda sente
O filho aparece e o pai some igual Mister M
Conhecer o seu namorado já aumenta o meu rancor
Em pensar que ele vai em casa só quando eu não tô
Mas que pena ela só queria matar o tédio
Agora se mata de trabalhar porque abandonou o ensino médio

[Verso 3: Julian Sem Modos]

Em casa é uma, na rua é outra
A criançada de hoje pensa pouco pra arrancar a roupa
Uma criança segura no colo a outra
Vó com vinte e poucos é fita loca
Mas hoje tem baile (ai meus deus como é bom ser vida loka)
Vem que vem novinha
Chama as novinha, chama
Aborto, parto normal ou cesariana
Vem que vem novinha
Troca fralda na madruga e na matina
Vem que vem novinha
Ser mamãe novinha
Vem que vem novinha
Adquirir celulite e estria
Vem que vem novinha
Ser mamãe novinha
Aí, escute seus pais, existe aids
Use camisinha

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2018 Bee Lyrics.Net