INFRAVERMELHO lyrics

by

LEALL


[Letra de "INFRAVERMELHO" com COVIL DA BRUXA]

[Verso 1: VND]
VND, Huum
Garota eu me sinto tão frio como a Sibéria
Guarda essa peça no meu porta-luva pra mim
Essas arma vem de fora
Essas piranhas joga na minha cara
Infravermelho, Infravermelho
Só chupão na porra do teu peito
Essa buceta, eu senti pelo cheiro (VND)
Inconsequente até o ponto, confesso
Infravermelho, trem tiroteio
Eu atirei e acertei no seu peito
Bebel gritou, bota a cara no beco (Ui, ui)
VND

[Verso 2: LEALL]
Bradock han
Sangue vermelho, ódio no peito
Um pouco nefasto tu vê pelo jeito (Plow, plow, plow)
Sеi que é verdade еu sou inconsequente
É que hoje ela rende, mas me achava feio (Plow, plow, plow)
Olhe ao redor, tantas armas
Cara fechada, eu tô pelo dinheiro (Hmmm)
Pelo meu menor, tô na caça
Fortuna sagrada, eu mantenho em segredo
E ela pede, ela chama, ela diz que eles são tão leigos (Hmmm)
Ela mexe, fica em chamas, diz que o LEALL leva jeito (Aham)
Mira laser no seu queixo
Clima propício e perfeito (Plow, plow, plow)
Covil da bruxa acabei com a sua festa
Acertei na sua testa de infravermelho (Hmmm)
[Refrão: VND]
Essas bandida, elas me liga, eu digo no
Covil da bruxa pras bandida, criminoso
Soltaram os Pitbull do W', cadê o osso?
Eu sou trem-bala, nós da fuga nesse voo

[Verso 3: OG BRITTO]
Covil da bruxa, aham
Ela sonha que quer todos do meu clã
Vivo a vida real não Instagram
Tô fudendo só modelo esse é meu mal
Tô com a tropa do Linin', então é vapo
Playboy me passa a chave do carro
Sem remorso eu juro que não temos nenhum laço
Quero a grana da modelo, manda o preço que eu pago
Mano 'cê não é pioneiro você fez isso tão mal
Nunca entre no caminho dos Pitbull do W'
Isso aqui é labirinto tem cilada em todo ponto
É melhor você saber onde você está pisando
Tem AR, tem G3, talvez não te agrade o canto
O meu mano foi na pista na encomenda e tá voltando
Tudo rola a olho nu enquanto você tá panguando
Eu lembrei daquele tempo quando tudo era escasso
Ela ama o meu traje Salvatore Ferragamo
Ela quis um time contra colocou todas em campo
É na relíquia do W', todos mano enricando
Eu não quero a vaca magra nunca mais nos rodeando
[Verso 4: TOKIODK]
Botaram um prêmio na minha cabeça
Ela perguntou como eu vivo com isso
Ei gatinha não se assuste
Essas paradas são ossos do ofícios
Pra você é um pouco difícil
Mas 'cê sabia antes de se envolver
Eu não largo essa vida por nada
Até crescer a área como Kanté
Não tinha money pra Nike Nocta
Só usava Topper, elas dava ibope
A grana começou a entrar
Mais Rápido do que fazer Cup Noodles
Já me fingi de surdo
Já fiz metas que era um insulto
Pra essa vida não existe tutor
Tira o proveito ou fica maluco
Não brinque com a Covil
Não confunda amizade e negócio
Dominamos essa porra de Drill
Vendendo tendência direito a consórcio

[Refrão: VND]
Essas bandida, elas me liga, eu digo no
Covil da bruxa pras bandida, criminoso
Soltaram os Pitbull do W', cadê o osso?
Eu sou trem-bala, nós da fuga nesse voo
Essas bandida, elas me liga, eu digo no
Covil da bruxa pras bandida, criminoso
Soltaram os Pitbull do W', cadê o osso?
Eu sou trem-bala, nós da fuga nesse voo
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2012 - 2021 BeeLyrics.Net