Derek

"Bandido Artista"

[Letra de "Bandido Artista" com Derek, MC Igu & Dalsin]

[Intro: Dfideliz]
Nagalli é foda, parça
Hãã...


[Verso 1: Derek]
Às 19:30 com a peça na cintura
Lança, cocaína e fogo pra acender essa vela
Eu já deixei avisado, se passar uma viatura
A tropa tá na pista só pegando os classe média
Botei óleo no fuzil e minha fé que tá blindada
Desconfia maldito, que eu tatuo outra lágrima
Vou juntar dinheiro e ter respeito na quebrada
Geladeira tá cheia e não é só de garrafa d'água
Eu tive cada vivência, virei referência
Pros amigo' que morreram, só pela pobreza
Mas é que a gente pensa, pensa se compensa
Estudar quatro anos e ver racismo na tua empresa
Vai tomar no cu pra lá, boy cu, filha da puta
Vota no 17, pra ver se a sua vida muda
Sua mãe tem até desgosto do filho que ela cuida
Tá devendo aqui na boca, tá fudido com a tua turma
Nós não é da tua laia e o barraco tá formado
Pisaram no meu boot e o baile aqui nem tá lotado
Se tu olha pro lado vai ficar até complicado
Várias mulhere' linda', jogando a bunda pro tráfico
O fardo que a gente gasta, e o gasto aqui não chega ao fim
Tem sempre um viciado, querendo chegar no fim
É que eu chamei o Dalsin, pra rimar nessa batida
Moleque sujeito homem, elas curte os bandido artista

[Verso 2: Dalsin]
Chefe, tem baile, eu vou de Golf, peça e cordão de um quilo
Tirando as desonesta' e clicando quem dá vacilo
Mas sempre brota um bico boy, que acha que é o Frota
Vai voltar sem cordão, sem jaqueta e sem a meiota
Murilo foi tão cedo, tru', às sete, tomou tiro
Capotou a CR-V e subiu na névoa, igual vampiro
Engraçado que pra cá não tem sorte, não tem hero
Depois das três na rua, qualquer barulho é de tiro
E eu deitado só me viro, pô, não consegui dormir
Pensando: "Tudo é fruto de tudo que eu construí"
Se os tira meter o pé, não vai dar nem pra fugir
Vai me pegar desarmado, com a mãe dos meus bacuri
Mas vou deixar a grana no banco, amor, tem grana no banco
Pra tu ficar louca e rica, igual a Michelle Visage
Eu não queria mais ter que dar esse catranco
Só que o Igu tá passando, pra me resgatar na porra dum Voyage

[Verso 3: Mc Igu]
E os menor tá de plantão, zé
Não entra, nem tira, não brinca aqui, né
Nem se põe o pé, os moleque é liso, já aviso aqui, né
E se não quer uma briga, não brinco de bom moleque, é
Tenho duplex no pique
Te pago, eu sei que to flex
Esquece, seu álbum ta velho, esse ano vence
Não enche, só enche meu saco, se for de cachê
Moleque, sua rima de bobo, tá mais pra meme
Escreve, 'cê rima tipo A-B-C-D-E (Yea)
Na vida bandida com 17
Bandido de terno, nunca foi 157
Homem bate em mulher e os pivete olhando com 7
Fascista, racista, vai se fuder com o 17 (Tomar no cu)
É a nova era, se esconde na sua própria sombra
O que 'cê leva, além de ódio nessa sombra?
Dinheiro deixando frustrado no modo mudo
'Cê tá longe pra querer ser bem esperto pro mundo (Tomar no cu!)

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2018 Bee Lyrics.Net