Prodígio

"Homens Não Choram"

(Verso 1)
Eu disse ao meu filho que um homem não chora
Encara os problemas, resolve na hora
Sofre por dentro mas é forte por fora
Aprende com a vida, é a melhor professora
O amanhã será melhor por isso sofre agora
A vida é assim, antes de melhorar, piora
Mas não chora, foi o que eu lhe ensinei
Mas sinto que eu menti porque hoje, eu chorei
Tanta cena na cabeça que eu não aguentei
Pensei no Picone, lembrei-me do Pj
Só damos valor quando perdemos, é o que dizem
Por isso, eu dou valor aos que foram e aos que vivem
Ainda bem que o meu filho não está aqui
Para me ver chorar e descobrir que eu lhe menti
O passado é presente e as lembranças magoam
Talvez deva confessar que os homens também choram

(Verso 2)
Eu disse ao meu filho que um homem não mente
Não diz o que pensa, diz o que sente
Um homem honra a palavra e é transparente
Não esquece do passado mas só vive o presente
Ele perguntou porque é que eu estava ausente
Eu disse, 'eu estou presente mas não fisicamente'
Ele quis chorar mas eu lhe disse 'pára'
Lembra-te que os homens não choram Bruno, limpa a cara
Passado foi pior filho, nem se compara
E a distância nos afasta mas não nos separa
Nada a fazer e eu sei que as saudades consomem
A verdade é que nenhum homem é o Super-Homem
E mesmo que chorares a situação não muda
Podia mentir que sim mas chorar não ajuda
Quando tu cresceres, tu vais entender
Que os homens choram e mentem mas não vou ser eu a dizer

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2018 Bee Lyrics.Net