Proibidão lyrics

by

ZARD


[Letra de "Proibidão"]

[Verso]
(Huh) Só me'mo à minha coroa faço uma ovação (Silo, huh)
Nem com Deus no comando sei fazer oração (Hey)
Era dentro da família que havia opressão (Uh)
Fiquei louco como eles e por opção (Ah)
Ganhar lugar à mesa foi ocupação
Mas partilho a comida sem ostentação
Disseram: "Júnior, faz-te à vida, é tua obrigação
Ser o homem da casa sem orientação" (Oh)
Dar banhada era uma ocasião, não tinha nada nem opinião
Suficiente p'a lidar com depressão
Agora é que se foda, não sei o que é decepção
Tudo aquilo que sinto nem merece descrição
Ser uma sombra foi a melhor decisão (Foi)
O meu Eu arcaico já 'tá noutra dimensão
Sou parcelado tipo constelação (Uh)
Se unir os pontos viro compilação (Hey)
Sou referência, faz a comparação (Hm)
O meu rap é negro mas 'tá a dar clarão (Woy, Rokelhe)
(Bora) Ando nesse mar de gente tipo capitão (Uh)
Tornei-me bicho-do-mato neste mundo-cão (Pow)
'Tou a tentar camuflar-me entre a multidão
Mas levo o tipo de vida que passa no Malhão
Vê-me junto ao luar como o som do Minão
Tanto vivo tranquilo ou como um furacão
Tenho altos e baixos até na fundação
Nunca houve agregado, só afiliação (Xiu)
Desde então tenho 'tado como os santos 'tão
Ouvindo vozes de toda a gente mas as minhas não (Nada)
Mãe, reza por mim, Deus tem boa audição
O clima daqui sempre foi na pressão
Aprendi a dar gás e nunca fui picão
Já toquei no inferno e nem sei percussão
Queimei umas quantas batidas e nem foi produção
Não vendo a alma, é proibidão
Sou o que sou até na podridão
Coração de ouro não tem perdição (Nah)
Quando eu morrer, Pedro abre o Portão
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2012 - 2021 BeeLyrics.Net