Don L

"DESEJOS"

[Intro]
WillsBife tá no beat, é hit

[Refrão: Sain]
Do fundo da boate eu vejo como conquistar os meus desejos
Um trago que alivia minha saudade, eu tô atrás dos meus desejos
Do fundo da boate eu vejo como conquistar os meus desejos
Um gole que alivia minha saudade, eu tô atrás dos meus desejos

[Verso 1: Sain]
Turno da madrugada, chapa
A aposta é alta, bota a cara (Rá!)
Leva a fé na ponta da faca
A sorte é vaga, bota a cara
Solta o pino da granada
Rest-resta nada (Resta nada)
Parece uma festa pra quem olha pela fresta, chapa
Passa nada
Passa nada e nunca passará, meu chapa
Nóis não tá de palhaçada (Não)
Minha mente engatilhada segue sem jogar a toalha
(Yea, yea)
O jogo é sujo e não aceita falha
Essa foi a vida que eu escolhi
Então nem venha me julgar, não
Nem tente atrapalhar
Porque eu tô pronto pra jogar
Sem medo de arriscar
Invisto no meu time
Eu faço essas nota girar, yea

[Refrão: Sain]
Do fundo da boate eu vejo como conquistar os meus desejos
Um trago que alivia minha saudade, eu tô atrás dos meus desejos

[Verso 2: Don L]
Entre as brasas e a catarse
A dose é cara, baby
Um trago pra me benzer
Só traz pro pai se for do mais foda da casa esse
Só o que vale é beber
Só os real no rolê
Num é qualquer otário
Cê tá ligado, é seu xapa, ese
Paguei pagã eucaristia
Eu tô com Deus e meu bagulho é ateu: ninguém batiza
Celebra a vida, inferno e paraíso aqui, convivam
Eu julgo desrespeito igual Pai Mei: sem alisar
No fundo da boate
Ela me oferece um lapdance
Um escuro camuflage
Das almas a quem se pertence
O corpo e a liberdade
Por mais que queiram pôr algemas
Físicas e subliminares, coach de mediocridade
Não me venham!
Eu quero além da sua grana (Que mais?)
Quero além da sua propaganda
Lili cantar pra minha gangue
Tipo a RiRi cantando em Bahamas
Quero destituir as suas fábricas (Que mais?)
Dividir a sua herança
Até que não falte vagas em faculdades
E a comunidade plantar o que consome
Enquanto isso
Continuarei o bandido
Destila o néctar dessa noite comigo
Estilo Bené: eu, eu quero, eu quero, eu quero outra vida
Mas eu não aviso em qual festa é a despedida

[Refrão: Sain]
Do fundo da boate eu vejo como conquistar os meus desejos
Um trago que alivia minha saudade, eu tô atrás dos meus desejos
Do fundo da boate eu vejo como conquistar os meus desejos
Um gole que alivia minha saudade, eu tô atrás dos meus desejos

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2018 Bee Lyrics.Net