Lhast

"Flores"

[Verso 1: Mic Selva]
Não há como flores
Para te apaziguar as dores
Quando o problema são amores
E os sítios para onde fores
Fazem-te subir os calores
Vinganças são horrores, favores
Depois são favores
Ganham-se alguns dissabores
Sem te expores
Sem me expor
Esperas sentada num quarto à espera
Mas com cuidado
Mas esperar é sempre chato
Eu não quero ser o culpado
Muito menos o ingrato
Que se chateia com quem ama
Por ser um mau namorado
E se eu tivessе entrado por essa porta agora
Será quе eu tinha meia hora
Ou o resto da vida fora
Que o resto já só melhor com uma distância próxima
Logicamente caótica
Depende de quem se aproxima
Ótima
E tás bonita assim vestida
Ou sou eu cego por ti
[com essa cidade?], põe-te linda
Agora brinda, adocica o paladar para saberes
Para te dares é só quereres dar-me o gesto dos prazeres
E são mulheres, eu sei que sim
Perdi uma delas aos nove anos
E nem sequer me despedi
Sinceramente sofri, o João fala de ti
Marcou-te, marcaste todos
Puto a dívida é assim
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2018 Bee Lyrics.Net