Pelo Sul #3 lyrics

by

Uzzy


[Letra de "Pelo Sul #3" ft. Domi, Baqui, Quiassaca & Sacik Brow]

[Verso 1: Uzzy]
Perguntam: "Uzzy, mas quem vem a seguir?"
Eu vim com o Domi, com o Sacik
Vim com o Baqui, Quiassaca, e tu parado a coçar a di*k
Boy repara, o sul 'tá vivo, qualquer dama a puxar pic
Não sou bom, eu sou Ronaldo, buli o dobro e fiz hat-trick
Comigo não há cá papo, 'tava a dar p'a parvo, o chapa tá acabado
Chapa, 'tá calado, p'a quê 'tar casado? P'a acabar cansado?
A paca paga a grade que apaga a vontade
E vais ficar frustrado, o teu "blá blá" 'tá chato
Hitman, guito, mano, xpidi
Rapah dentu nha zona chillam de chinelo e chino
Elas sabem que eu sou foda, se é p'a pinar, eu faço o pino
Se achas que eu já sou estúpido, então agora dou-lhe assim
Tu até nem jogas mal, mas cá na área sou teu mister
'Tás a fingir moral, mas a tua dama 'tá no Tinder
Eles só querem canal, eu ligo a TV quando eu quiser
Tu queres apanhar estala, apanhas estalo, tu és um "pidder"

[Verso 2: Domi]
Bem vindo ao Algarve, escrita antiga
Rupestre como Alcalar, sou aquiles sem o calcanhar
Sem beef aqui, só peixe a assar, tranquilo
Ya, vivo à "yupi" na zona, eu só quero ser esculpido
Sem púlpito, prego poesia letrada, não tem p'a estúpido
Erudito, confirmam só o que tenho dito
Carreira de mentiras não é no rap, vai p'a político
Não há nada que o modifique
Por isso é que o grife de hoje e o cérebro do paleolítico
Sou puro, o teu conteúdo é só Aspegic, ya
És tipo as evas, querem bossa como a rã
Aqui não há trincas, mete no cu a maçã, pão bem amassado
Minha dama diz que eu sou tarado, vês?
Ela quer sentir "confins", eu dou-lhe à "oito cinco stilo #3"
They call of duty p'a fazer holandesas call ao Pupi
Gostam tanto de pó que devem ter teias na pus*y
Excuse me, se for p'a pôr creme à groupie
Caga no Camarinha, agora é tarefa do Uzzy

[Verso 3: Baqui]
Exibe as tuas 'tilhas, flex é ter saúde, família e casa
Deixei de comprar roupa, 'tou interessado em comprar a marca
Muitos nem querem essa guita, correm só atrás da fama
Enquanto acordas dos teus sonhos, muitos fazem a tua cama
Dizes que ela é a tua miúda, mas deu-me a dica na net
Lá em casa, baixo-a quando eu quero como se fosse uma app
'Tá na praia, relaxada, pintada e um ass phat
Manda foto bem espigada da raba no Snapchat
Não me fales em gravidade, eu vim do zero, ainda subi
Eu 'tou no espaço e preciso de espaço à pala do que vi
Conversei com Deus pelo que sofri, diz que é lá que eu encaixo
Perdoa o meu pecado mas sou pesado, e às vezes vou abaixo
Se ela tiver que ir embora, outra vai chegando
'Tou com os rapazes cá no sul a viver à grande
Tropa, relaxa, não tentes estragar a nossa vibe
Deixa de ser interesseiro, torna-te interessante
[Verso 4: Quiassaca]
É pelo sul, se tu gostas ou não, é p'ó melhor lado que eu durmo
'Tou noutro mood, e diz ao teu amigo que é p'a evitar tumulto
"Pelo Sul #3" 'tá a vir com força, não 'tá a parecer justo
O Uzzy convocou equipa de luxo
Até parece batota mas é verídico
Aconteceu e tu 'tás mesmo a ouvir
Decora que é o Quiassaca que 'tá no teu ouvido
E só disse o meu nome p'a saberes como de pronuncia
E não fiques encantado que eu nem te mostrei metade
E a tendência dum gajo é melhorar com a idade
Se vires o meu tropa Bah com uma amiga, deixa-o ficar
Mas se forem duas, dá-lhe a dica, diz p'a me ligar
Eu sei que sentes o açucar que 'tamu a dar
Esse mambo na tuga 'tava a faltar
Eu vou abanar tudo, mas vou manter a base
Eu 'tou a fazer o sul parecer a Jamaica

[Verso 5: Sacik Brow]
O game 'tá matemático e ainda há quem duvide
Que no cromossoma contém soma, então ninguém divide
Falei com o Uzzy: "Bro, tens algo p'a que eu mastigue?"
Prepara o teu melhor arsenal
Porque já não espero que o Premier ligue
Mano, salaam aleikum, my n*gga, aleikum as salaam
Aquilo que eu escrevo é de outro mundo
E o flow no beat é haraam
Na mente tenho arame, meu feat traz derrames, vê no que dá
O pão que o diabo amassou é rijo, mas brother, eu molhei no chá
Olha lá, eu não sou da vossa escola nem da vossa sala
Eu sou do tipo que no ego-trip é tipo fogo na senzala
Que só vos narra e te escarra com a força de um hadouken
Mas vi que vocês não cospem pão porque nem toleram glúten
A street sempre foi um fight e eu já lutei com o Bison
Dei socos de um fora de série na season do Tyson
Reza da cota deu, vai son
Xando na cana diz: "Fly, mano"
Mostra-lhes o brilho do diamond
Não tenhas pena, bro, vai fundo
E p'ó mundo, em números, eu continuo péssimo
Mas é normal porque só me entendes
Depois de concluíres o décimo
Sorte nunca foi acréscimo, eu sou o bairro, eu sou a favela
Complexo p'a listas, mas manual das ruas, best seller
Por isso eu registei a patente nessa orgia de wannabes
Demasiado heterossexual, eu não dou love nesses mc's
Eu já 'tou nisto há tanto tempo que vi a derrota do Papa Doc
Que hoje o flex da minha vida é dizer: "Escolhe, o papá pode"
[Outro: Uzzy]
Chegámos ao fim de mais um "Pelo Sul"
E desta vez a palavra escolhida é um prato típico brasileiro
Toda a gente tem de rimar com "suruba"
(Dal po, Mamadu, dal po)
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
Copyright © 2012 - 2021 BeeLyrics.Net